Nota de apoio ao ex-associado Sérgio Moro

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

A Associação Paranaense dos Juízes Federais expressa publicamente seu respeito e apoio ao Sérgio Moro, ex-associado, que teve brilhante trajetória na magistratura federal por 22 anos, atuando de modo a criar jurisprudência em processos de crimes financeiros e da alta corrupção na Administração Pública. Os inúmeros processos da chamada operação “Lava Jato” foram apenas uma parcela da extensa contribuição pela moralidade pública que o Sérgio Moro deu ao Brasil no exercício da magistratura de primeiro grau. Na pessoa dele os brasileiros viram motivos para ter esperança na melhora da qualidade ética da política.

Sérgio Moro, apesar das dificuldades artificialmente criadas para obstruir as modificações legislativas e organizacionais propostas na luta contra a criminalidade organizada, o colarinho branco e os corruptos na Administração Pública, conseguiu desenvolver trabalho relevante no Ministério da Justiça e Segurança Pública. A sua imensa capacidade de trabalho e obstinação para superar dificuldades demonstradas na magistratura federal tiveram continuação na condição de Ministro da Justiça e as estatísticas sobre a criminalidade bem o demonstram.

Havia muito a fazer. Contudo, a assimetria moral e racional entre as ações encetadas por Sérgio Moro e a atmosfera política destituída de ética e marcada por irracionalidade existente em partes do Governo, provocaram situação gravíssima a exigir escolha entre a firmeza de princípios de honestidade na gestão pública ou sucumbir à mediocridade do patrimonialismo. Sérgio Moro optou pela retidão moral e racionalidade na condução dos deveres com o povo brasileiro. Na condição de Ministro da Justiça manteve a postura que marcou sua passagem pelo Justiça Federal.

A APAJUFE manifesta seu apoio e admiração ao ex-associado Sérgio Moro. O compromisso com a seriedade no trato das obrigações diante do povo é a conduta diária dos juízes federais. De certo modo, Sérgio Moro saiu da magistratura federal, mas a magistratura permanece na alma do Sérgio Moro que agiu com firmeza e moralidade necessárias para o bem do Brasil.

Curitiba, 24 de abril de 2020.

Associação Paranaense dos Juízes Federais

APAJUFE